sexta-feira, 20 de agosto de 2010

O dia D

Ontem perguntei pro Demis se podia contar nossa história aqui. Ele relutou, porque a gente tinha combinado lá no começo que nenhum dos dois a escreveria, mas acabou deixando. O problema, eu percebi, é que nem eu mesma sei se a consigo ou posso escrever. Seria (de novo as tais ressalvas) algo como fixar o milagre, e haveria o pressuposto de ela já estar pronta, finalizada, o que nunca estará. Se eu a escrevesse, sinto como se tivesse que o fazer muitas vezes, pra não dar a uma versão a possibilidade absurda de ser definitiva.

Mas agora nem a primeira versão me vejo apta a arriscar. Faço todo esse ensaio cheio de vai-num-vai só pra justificar que o que vem aí é só fragmento, necessário pra dizer outra coisa – também milagrosa –, e sabe-se lá quando vem o que faltou.

O Demis é cubano, e foi em Cuba que a gente se conheceu. Depois de algumas idas minhas praquela ilha mágica (costumo dizer que, depois da minha primeira ida à Cuba, demorou pra eu conseguir viajar de novo pra outros lugares), percebemos, eu já de volta no Brasil, que a gente queria mais tempo de primavera e decidimos intentar (em espanhol) que ele viesse pra cá. No começo achamos que ia ser fácil e eu escolhi uma data pra ele chegar. Era dia 6 de abril de 2007. Começamos a chamar esse dia de dia D. Mas as fronteiras e diplomacias e burocracias não deixaram que a gente tivesse a pretensão de escolher a tal ponto nosso próprio destino, ou foi o destino mesmo quem escolheu assim (porque destino é homem barbudo), e o Demis chegou só em agosto. Mas dia D mesmo, ficou sendo aquele que não tinha sido.

Quando o Benjamin nasceu eu nem tinha ligado os fatos e números, mas um tempo depois me veio o estalo. O dia D que a gente tinha escolhido não era pra chegada do Demis. Era pruma outra chegada, de outra ordem.


Benjamin nasceu em 6 de abril de 2010.

8 comentários:

Demis disse...

Ah si!!! El infinito conspira...

Demis disse...

Ah si!!! El infinito conspira...

piscardeolhos disse...

menina, arrepiei!
agora me diz se esse barbudo fofo não tá sempre cheio de plano B!!?
como assim 6 de abril??
e tem gente que não acredita nessas coisas...
beijo, tô te linkando lá no piscar NOW!

Anônimo disse...

NOOOOSSAAAAA... não sabia dessa. increible.
ass: le

Gabi disse...

Eu tb nao sabia!
Cada dia gosto mais desse blog....
E da minha hermanita, e de dedezito, e de benjinha, ad infinitum....

mari disse...

ai nat, fiquei chorando! e nem grávida eu tô...

Anônimo disse...

Eu ia escrever arrepiei, e vi que alguém mais escreveu isso. Mas o que posso fazer? Arrepiei mesmo! chats

Daniela Lopez Garcia disse...

Que lindo, isso...
Nada nem ninguém acontece por acaso na nossa vida e com certeza suas almas já sabiam o que tinha por vir...
Bjs!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...